Você está aqui
Início > CMS > O que é preciso para ter um CMS

O que é preciso para ter um CMS

engrenagem

Os CMS (Content Management System) são sistemas de gestão de conteúdos e que são utilizados hoje em dia, em grande escala, para produzir websites públicos ou privados, dada a sua facilidade e versatilidade para gestão de informação. Se quiser saber mais sobre o que são os CMS e para que servem consulte o nosso artigo sobre esta matéria.

Neste texto vamos tentar explicar o que é preciso para ter um CMS pois na sua generalidade quase todos trabalham da mesma forma variando apenas a tecnologia em que são desenvolvidos. Vamos supor que necessita de um sítio na internet e que vai ser implementado recorrendo a um CMS. Para isso precisa de um domínio, de alojamento, de um servidor web e de um servidor de base de dados, existindo já imensas empresas na internet que disponibilizam estes serviços de forma concentrada.

O que é o domínio?
O domínio é o endereço pelo qual o seu site vai ser visitado. Por exemplo, o nosso dominio é www.ajudaeminformatica.pt, o do google em portugal é o www.google.pt, e por aí adiante.

url dominio

O que é o alojamento?
Vai ser preciso instalar o CMS e os seus ficheiros precisam de estar em algum lado. Além disso, quando começar a administrar o seu CMS, irá com certeza fazer o carregamento de imagens ou outros elementos e vai precisar de espaço em disco. Também é onde terá um painel de controlo com ferramentas para gerir contas de email, a base de dados, acessos ftp, dominio, etc.

O que é o servidor de base de dados?
A informação do CMS é armazenada numa base de dados. Sempre que alguém administra a informação do CMS ou pretende consultá-la, o servidor de base de dados é o responsável por localizar, modificar e devolver a informação da base de dados.

O que é o servidor web?
Sempre que alguém pretende ter acesso ao site (frontend) ou à parte de administração (backend) do CMS, o servidor web é o responsável por atender o pedido e de apresentar a informação. Irá precisar do servidor de base de dados para localizar a informação e de a apresentar no seu navegador na forma de uma página web.

Preciso de contratar estes serviços em separado?
Não, hoje em dia existem serviços quer pagos quer gratuitos que já disponibilizam todas estas funcionalidades (e por vezes outras adicionais, como servidor de mails, servidor ftp, etc.).

E por onde devo começar?
Antes de mais pode experimentar alguns serviços gratuitos onde só precisa de se registar e escolher um nome para o seu site. Assim evita instalações e configurações adicionais. Este tipo de alojamento é normalmente denominado Self Hosted, ou seja, Auto Hospedado. Pode começar por se inscrever no sítio oficial do WordPress, um dos CMS mais fáceis de utilizar e com uma comunidade de suporte bastante grande. A vantagem é poder ter o seu site em poucos minutos a funcionar de forma gratuita. Tem apenas algumas desvantagens:

  • Não pode instalar alguns extras externos à biblioteca existente, como temas e plugins  (mas se alojar o seu próprio WordPress noutro serviço de alojamento já pode)
  • O nome para o seu site será um subdominio do wordpress, algo do género omeusite.wordpress.com que, no entanto, pode ser substituído por um domínio que tiver registado ou que registe entretanto.

WordPress.com

Como começo a utilizar o CMS?
Normalmente terá acesso a um painel de controle que dispõe de ferramentas de instalação dos CMS mais comuns. Se por ventura não estiver disponível a versão ou o CMS que deseja, terá que fazer o download a partir do site oficial do CMS, enviá-lo para o seu alojamento (normalmente por FTP) e iniciar a instalação. Este será um processo que iremos detalhar nos próximos artigos.

Painel de Controle cPanel X

E qual a diferença entre os serviços gratuitos e os pagos?
Os serviços gratuitos são óptimos para se tomar conhecimento das ferramentas de administração dos serviços de alojamento, vulgarmente chamados de painel de controlo e para se fazerem experiências com os diferentes CMS. Pode-se optar por estas soluções gratuitas para sites pessoais mas não recomendo de todo para sites de caráter profissionais. As desvantagens são as seguintes:

  • Publicidade: como o seu site é gratuito, algumas empresas para rentabilizarem os seus serviços, optam por colocar publicidade no site dos seus clientes. Não se tem controlo sobre a publicidade, não sabendo o local onde é exibida nem o que é mostrado.
  • Domínio: o nome de domínio do seu site terá sempre agregado o nome de dominio da empresa de alojamento. Pode ser do tipo omeusite.dominioempresa.com ou www.dominioempresa.com/omeusite o que pode ser uma desvantagem. Geralmente, os dominios dos sites alojados nas empresas gratuitas são ignorados pelos motores de busca, pelo que se pretende ter muitas visitas pode ser um entrave.
  • Largura de banda: normalmente a largura de banda disponível nos serviços gratuitos é reduzida, o que implica velocidades de acesso muito lentas e afasta muitas vezes os visitantes.
  • Espaço em disco: a maioria dos serviços gratuitos disponibiliza uma quota de disco bastante reduzida, o que por vezes não deixa muita margem de manobra para administrar os conteúdos no alojamento.
  • Visitas: em alguns serviços, o número de visitas ao seu site também é limitado. Quanto é atingido o limite o site deixa de ser apresentado nesse mês.
  • Segurança: a maioria dos serviços gratuitos não tem garantias de segurança sendo mais propensos a ataques de hackers.
  • Fiabilidade: alguns destes serviços ficam indisponíveis por largos períodos de tempo e o apoio ao cliente pode não funcionar bem ou ser inexistente.
  • Serviços: nestes alojamentos gratuitos não são disponibilizados alguns serviços como ftp ou mail, ou então são limitados.

 

Apesar de não se pagar pelos serviços, se estiver a pensar numa presença na web com um caráter mais profissional, recomendo que opte por serviços pagos. Pode numa primeira fase testar o seu CMS num serviço gratuito, por exemplo durante uns meses ou um ano, para verificar a reação do público e testar as funcionalidades do seu sistema.

Sugestões

A nossa intenção não é fazer publicidade a nenhuma empresa mas somente dar a conhecer alguns serviços. Se quiserem podem dar a vossa contribuição assim como algum feedback da vossa experiência.

Self Hosted

Serviços Gratuitos

Serviços Pagos

Registo de Domínios Gratuitos

  • Dot.tk (o único domínio de topo gratuito; exemplo: www.omeusite.tk ao invés de www.omeusite.byethost.com)
  • Pt.vu (redirecionamento de dominios; exemplo: em vez de ter o dominio como www.byethost.com/omeusite pode ficar omeusite.pt.vu; em alguns alojamentos gratuitos não funciona bem)

Miguel Real
Miguel Real, português, criador do blogue Ajuda em Informática, com formação específica em informática, entusiasta de novas tecnologias e por partilha de conhecimento.

Um comentário em “O que é preciso para ter um CMS

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Top
%d bloggers like this: