Programação

Web designers ou web developers: quais as principais diferenças?

creative designer desk

Web designers ou web developers: quais as principais diferenças? 

Quando chega a hora de fazer ou melhorar um website já existente podem haver algumas dúvidas quanto ao tipo de profissionais que se podem contratar. Apesar do conceito de construção de um website estar normalmente associada ao papel do programador ou da programadora, há plataformas simples que requerem apenas um serviço de web design e conhecimentos muito básicos de HTML. Não precisa de correr o risco de contratar a pessoa errada, nós dizemos-lhe as principais características destes dois tipos de profissionais.

O que faz um ou uma web designer?

De uma forma geral, web designers são responsáveis por tratar da estética, dos layouts e do estilo da página web. Criam os grafismos apelativos para potenciais clientes da empresa. No fundo, desenham um website apelativo, bonito e que se traduz numa fácil experiência de utilizador.

A sua sensibilidade estética e actualização constante nas novas tendências faz com que estes profissionais criem o conceito para o website, trabalhem com uma conjugação de cores agradável e escolham uma fonte apelativa que tenha em conta os valores da empresa. Grande parte do trabalho de web design é criativo e utiliza bastante a intuição e imaginação. As ferramentas de trabalho mais utilizadas são as de software de design gráfico como o Adobe Photoshop, Illustrator e o InDesign.

Em termos de codificação, alguns e algumas profissionais de web design sabem trabalhar em HTML e/ou CSS. No entanto, se for necessário um trabalho mais especializado ou um website mais complexo (como uma plataforma digital), os conhecimentos dos e das web designers podem ser limitados e o melhor será contratar um serviço de web development.

Construir um website em WordPress

No entanto, hoje em dia, profissionais de web design utilizam o WordPress. A plataforma WordPress é a mais utilizada no mundo por ter um painel de controlo intuitivo e configurável, que revela uma enorme facilidade na introdução ou modificação de conteúdo e elementos visuais na área administrativa do site, sem a necessidade de conhecimentos de programação.

Pode dizer-se que o WordPress e outras plataformas semelhantes são as melhores para quem precisa de um website apelativo mas que não necessite de aceder/armazenar dados de utilizadores ou de uma construção complexa.

O que faz um ou uma web developer?

O trabalho de desenvolvimento web normalmente consiste em planear, construir, testar e dar manutenção a  websites e aplicações online. Os profissionais desta área sabem as linguagens específicas da web como HTML, Javascript, JQuery, CSS, Python, entre outras. Têm um grande conhecimento das diferentes técnicas e ferramentas e têm um trabalho muito mais lógico e menos criativo do que web designers. São eles que constroem websites e criam funcionalidades através de uma codificação limpa e estruturada.

Podemos falar em 2 tipos diferentes de trabalho de web development que podem ser feitos para um website: o back-end e o front-end. Quem trabalha em front-end é responsável pela criação de ferramentas que melhoram a experiência de utilizador e que “dão vida” à interface. Programadores e programadoras de back-end, por sua vez, focam-se na implementação do próprio website que irá suportar todo o front-end.

 

Que profissional devo contratar para fazer o meu website?

Assim sendo, podemos concluir que se necessitar de um website mais simples e informativo para os seus utilizadores – para conhecerem a empresa, preçário, dar algumas notícias, por exemplo – é suficiente e até preferível ter uma plataforma que seja de fácil edição e em que não seja necessário programar. Nesta situação deve apostar num serviço de web design para tratar da parte estética e da experiência de utilizador.

No caso de ser necessária uma abordagem mais complexa para o website que pretende criar – se necessitar de trabalhar ou armazenar dados de utilizadores, por exemplo – terá de contratar um ou uma web developer. Se este mesmo website não tiver ainda uma estrutura estética definida ou um interface apelativo e criativo, será essencial contratar um serviço de web design também. Os dois serviços devem ter áreas de actuação em conjunto de modo a criar uma plataforma apelativa, segura e de fácil navegação. Existem plataformas como a Zaask em que pode encontrar profissionais de ambas as áreas que podem ajudar. Com o sistema de avaliações e de verificação de certificações, pode escolher designers ou developers com experiência comprovada e comentários de antigos clientes.

Deixe aqui o seu comentário